O que é Thunderdome?

Thunderdome é uma rave, e simultaneamente, uma compilação lendária de Hardcore/Gabber, que existe desde 1992.

 

Quantos álbuns de Thunderdome existem?

Ver a secção Thunderdome > CDs.

 

Quantos álbuns de Thunderdome foram vendidos?

Isto é que é espantoso, e denota como Thunderdome, apesar de ser uma compilação de um dos géneros mais underground de música electrónica, se tornou comercial. Até ao Best of Thunderdome de 1995 tinham sido vendidos 1.000.000 de CDs! Na Rave Thunderdome '98, ocorreu a entrega de uma prémio simbólico a todos aqueles que até à altura participaram nas compilações Thunderdome: a razão? Até esse momento tinham sido vendidos mais de 3.000.000 de CDs! Um recorde na cena Hardcore, mantido até hoje. De referir, que álbuns como Thunderdome X e XI, pela sua conotação extremamente comercial (são quase 100% Happy Hardcore) chegaram ao número 1 dos tops de compilações na Holanda! Mas apesar disto, álbuns como os Thunderdome megamixes, certos Thunderdomes mais antigos, e as edições em vinil, foram bastante limitadas, e como tal, são relativamente raras (especialmente alguns números). A partir de 1999, não se sabe dizer quantos mais Thunderdomes foram vendidos, mas como a compilação voltou desde 1996/7 a ser quase 100% Hardcore, e a partir de 2001 bastante virada para Hardcore mais industrial e agressivo, é normal que as vendas tenham decrescido. No fundo, é o retorno à origem, felizmente... Actualmente (e como sempre) é uma referência presente, e das compilações mais vendidas de Hardcore - o Thunderdome 2001 Part 1 vendeu mais de 15.000 cópias, mais do que muitas compilações de Techno da própria ID&T! Não deixa de ser extraordinário, e mostra que existe uma base de fãs e coleccionadores estável, e que a cena Hardcore está bem viva.  Repare-se que o facto de terem sido vendidas 3.000.000 cópias, não significa que exista tanta gente com um CD de Thunderdome nas mãos, pois a maior parte das pessoas tem sempre vários items na sua colecção (há quem tenha mesmo quase todos). No entanto, sem dúvida que foram estas compilações que mostraram Hardcore a imensa gente pelo planeta, e que conquistaram inúmeros fãs do género.

 

Qual a primeira Rave de Thunderdome?

Pode-se considerar que a primeira rave com o formato e o uso do nome "Thunderdome" foi a Thunderdome I no Thialf-Stadium em Heerenveen no dia 03-10-1992. Mas, prévia a esta, existiu a "The Final Exam...Can you Party?" no Jaarbeurscomplex em Utrecht no dia 20-06-1992, que juntou a Dreamteam pela primeira vez... é como se fosse o aquecimento para a outra, ou a pré-I.

 

Que tamanho assumem as raves de Thunderdome?

Outro paradoxo na cena... Apesar de tudo, as raves Thunderdome bateram o record de número de pessoas e foram as maiores raves indoor do mundo, especialmente em 1997 e 1998. Algumas chegaram a atingir 30.000 pessoas, enchendo os principais estádios e pavilhões desportivos cobertos da Holanda e Bélgica. Existiram ainda raves Thunderdome on Tour, que chegaram a países como a Alemanha, Itália, Áustria, Austrália e Espanha, mas de tamanho significativamente menor (se bem algumas Thunderdome on Tour ultrapassaram as 10.000 pessoas!). A organização, efeitos especiais, som (e lucro) destas raves é sempre algo do outro mundo, o que as tornaram mundialmente famosas – até quem não gosta do género musical afirma ser uma experiência única.

 

Existe alguma rádio que passe Thunderdome?

Sim... e não! Existem várias rádios na Holanda que passam Hardcore; e mesmo noutros países como Alemanha, Bélgica, Rússia, E.U.A., Austrália, Itália, e Canadá, existem rádios com programas sobre Hardcore (e às vezes até sobre determinados subgéneros, como Speedcore). Mas, se quiserem ouvir a rádio oficial de Thunderdome, têm de ouvir a rádio da própria ID&T, que passa regularmente um programa com o nome Thunderdome às Quartas, das 22h às 24h CET (Central European Time - menos 1 hora que em Portugal). Este programa começou em 3 de Outubro de 2001 (porque será que usaram esta data? eheheh...) e semanalmente, mais de 40000 pessoas ouviam este programa, o que não deixa de ser impressionante. No entanto, a 29 de Dezembro de 2004 passou a última sessão de Thunderdome na ID&T Radio, que passou a ser uma rádio comercial. Esta última sessão foi especial, em directo e ao vivo da rave dedicada à release do álbum de Catscan "My Defragmentated Head". Essa mesma rave fez parte da tourneé que Catscan tem feito para promover o seu novo trabalho, e contou com a presença de X-Ess, Deimos, Unexist, Outblast, e Mouth of Madness, para além do próprio Catscan (que foi também co-host do programa Thunderdome). Não se sabe as razões que levaram a ID&T a acabar com um programa de rádio tão bem sucedido, que contava com um nome de marca tão famoso na cena Hardcore. A única razão apontada pela empresa é a de que queria deixar de ter uma rádio orientada para um mercado específico. Acabou assim um momento de rádio fantástico para todos os fãs de Hardcore, especialmente os que gostavam de Thunderdome. A ID&T Radio, entretanto, também ela própria acabou, e deu origem à Slam FM. Vejam o link aqui em baixo para ouvir a ID&T Radio (agora com o nome Slam FM):

Agora podem-se perguntar... mas existem outras rádios que passem Hardcore 24/24 horas? Sim! Bastantes, e a mais conhecida é a Masters of  Hardcore Radio... fica aqui o link...

O programa Thunderdome na ID&T Radio terminou, mas apareceu a Thunderdome Radio a partir de 18 de Outubro de 2006: todas as Quartas-Feiras às 20h00 C.E.T. (19h00 G.M.T., hora de Portugal continental), com 3 horas de duração. Terá convidados especiais da cena Hardcore mundial, e passará em www.thunderdome.com.

 

Afinal, qual o estilo de música mais presente em Thunderdome?

Varia imenso com os anos... A base é sempre Hardcore, claro! Mas por volta de 1992-94 o estilo predominante é Oldskool Hardcore, Acid Techno, Techno Industrial e algum Speedcore. Alguns números são especialmente bons, cheios de tracks agressivas e potentes - Thunderdome Megamix 1-5 é conhecido por ser um dos melhores CDs de Hardcore de todos os tempos, sendo bastante rápido, com intro e outro espectaculares, para não falar no mix impecável. É um clássico, com todos os clássicos misturados! Em 1995-96, a época Happycore dita as regras, e basicamente é isso que encontram nas compilações (mas existem sempre tracks Hardcore-Gabber, e as últimas tracks de cada cd, que são habitualmente speedcore). Em 1997-98, Hardcore-Gabber, algum Newstyle (especialmente em 1998), algum Oldskool e Speedcore (as últimas tracks tornaram-se um habitué) são o prato do dia. Em 1999 Newstyle esteve presente em força, mas a compilação apresentou algumas músicas Speedcore e outras mais experimentais, algumas de Ambient (com intros e outros espectaculares!). Foi também o ano de algum saudosismo, em que se relembrou o ínicio do género (e em que o projecto Thunderdome parecia estar a terminar). 2000 foi o ano obscuro, nenhuma rave, nenhum CD editado... O resto da cena andava muito pelo Newstyle, Frenchcore e Breakcore, mas parecia que Thunderdome tinha definitivamente acabado (especialmente depois da Thunderdome 2000 ter sido cancelada, e depois de alguns rumores de que Thunderdome passaria a ser um evento de Techno). A ID&T tinha inclusive outra face, virada para a música de dança. Em 2001, para surpresa de tudo e todos, sai um novo álbum, constituído basicamente por Hardcore e Industrial Hardcore (algum mais experimental), com artistas que até ao momento (e injustamente) pouco tinham sido focados nas compilações Thunderdome. a atitude de Thunderdome mudara e passara a ser mais underground e virada para música em si. "Very Industrial and Efficient. No dancers. No Happy colours. Dark and grey, just like Hardcore is made these days". E começaram de novo as raves, uma por ano. Foi uma boa surpresa! Desde então as compilações permanecem no mesmo espírito, mais viradas para Darkcore e Hardcore Industrial (há sempre algum Hardcore mainstream claro)... Thunderdome a Decade (em 2002) foi um marco na cena, pois tratou-se de uma rave dedicada quer à nova face de Hardcore, quer aos "good old days", e quem lá foi, diz que nunca a irá esquecer da mesma. As raves tornaram-se assim num misto de Hardcore recente e dos clássicos de sempre. A atitude e aparência mudaram para uma forma mais adulta e mais dark. O futuro dirá o resto...

 

O que significa ID&T?

Irfan van Ewijk, Duncan Stutterheim & Theo Lelie die Idee, ou seja, os próprios fundadores da ID&T! Estes jovens juntaram-se na Primavera de 1992 e fundaram a empresa que editou (e edita ainda) a maior parte dos Thunderdome, sendo lendária na cena Hardcore! O Theo Lelie deixou a ID&T logo após a primeira rave organizada por eles, que ocorreu em Junho de 1992, e era intitulada de "Final Exam - Can you Party??". Essa rave impulsionou a empresa, pois foi visitada por 12500 pessoas, um número impressionante para a altura. Seguiu-se a não menos histórica "The Thunder Dome" em Outubro do mesmo ano, que além de ter ainda mais pessoas, deu origem a todo um fenómeno na cena Hardcore. A ID&T passou de um grupo de amigos em 1992 para em poucos anos se tornar numa grande empresa, que organizava mega eventos e raves, lançava CDs que vendiam milhões de cópias a nível mundial, produzia todo o tipo de merchandise, revistas e até tinha programas de rádio. Era inevitável que a partir de certa altura estivesse virada primariamente para o lucro e não tanto para a música. Isso foi mais notório na "happy age" de Hardcore em 1995-96 – e comprova-se pelo número enorme de releases e ainda maior de merchandise e raves! Em 1999, e não se sabe bem porquê (mas provavelmente devido à queda de popularidade de Hardcore na Holanda), a empresa entrou em crise, e daí a razão pela qual não foi editado nenhum Thunderdome em 2000 – a própria rave de Thunderdome que se deveria ter realizado nesse ano foi cancelada! Desde então, renasceu com um sentido ainda mais comercial, e alterou um pouco o conceito de Thunderdome, mas virou-se a quase 100% para géneros de dance music mainstream e eventos mais relacionados com Techno, House e Trance – tornou-se na maior empresa organizadora de eventos da Holanda: Mystery Land, Sensation White, Sensation Black, Innercity, Tomorrow Land, Trance Energy, entre tantos outros. Criou a própria rádio, a ID&T Radio (ver mais abaixo), e uma revista de clubbing, a "Release". As produções lançadas, com excepção das compilações Thunderdome, eram principalmente Techno, Hardstyle e Trance. O símbolo deixou de ser o hardcore wizard e passou a ser o mesmo mais estilizado (ou duas mãos abertas a representar esse símbolo mais estilizado). Em 2005 deixou de editar vinyls, afastando-se do mercado da produção musical, e focando-se apenas em eventos, rádio, compilações, e há mesmo quem fale de uma aproximação ao mercado televisivo – por enquanto apenas especulação. Mas Thunderdome, não só pelo lucro, mas pela história, pelo significado para a empresa, pelo renome que acarreta, foi mantido... e paradoxalmente, com um "feeling" mais underground e Hardcore mais agressivo, sem nunca esquecer as raízes!

Onde fica a ID&T?

Apesar da empresa ter tido sucursais internacionais, especialmente na Alemanha e Bélgica, a ID&T é holandesa, sendo até 2000 a maior empresa dentro do ramo de Hardcore/Gabber (quer em eventos, quer em releases), e neste momento, é a maior empresa promotora de eventos na Holanda, responsável não só pela Thunderdome, mas pela Mystery Land, Sensation White e Sensation Black, entre muitas outras. No entanto, actualmente para Hardcore apenas produz as compilações e eventos Thunderdome, deixando de ter releases em vinyl e toda a panóplia de artistas associados no passado. Esta foi a morada da ID&T desde 1999 até 2009, e podem ver aqui umas imagens "diferentes" da sede:

ID&T
Rhoneweg 54
1043 AH Amsterdam

P.O. Box 58098
1040 HB Amsterdam


The Netherlands

A localização actual é diferente, e está sediada num edifício futurista chamado Living Tomorrow, que podem ver aqui:

ID&T
De Entree 300
1101 EE Amsterdam

P.O. Box 58098
1040 HB Amsterdam


The Netherlands

 

O que significa o Símbolo (antigo) da ID&T?

Esse símbolo é intitulado por muitos de Hardcore Wizard ou simplesmente Wizard e durante muito tempo foi o logotipo principal da empresa. Desde 1999 que a ID&T deixou de ser uma empresa 99% virada para Hardcore, e passou a ter vários géneros e uma mentalidade diferente (passou definitiva e abertamente a ser uma empresa virada para o negócio relacionado com dance music mainstream) – o símbolo mudou! No entanto, o Hardcore Wizard com o passar dos anos tinha-se tornado um símbolo de Hardcore e não apenas o símbolo da ID&T. E hoje em dia, especialmente pelo facto da empresa não o usar – a se não ser nas compilações Thunderdome –, tornou-se definitivamente o símbolo mais conhecido e referenciado da cena Hardcore!

 

De onde é que veio o Hardcore Wizard?

Questão muito complicada, e quase ninguém sabia com certeza absoluta... até este momento! Muito do que se conta é um misto de verdade com ilusão – um autêntico mito urbano! No entanto, graças a Irfan van Ewijk, um dos fundadores da lendária ID&T, consegui saber a explicação verdadeira (parece que alguns sites de Hardcore acertaram em cheio!). O Hardcore Wizard foi baseado num graffiti de 1986, feito por Bando & Mode2, situado num muro da zona de Estalingrado em Paris! Bando e Mode2 pertenciam aos Crime Time Kings, e dedicavam-se à arte do graffiti, tornado-se pioneiros europeus, e lendas na sua arte. Apesar das modificações, a origem é inequívoca. (Irfan, thank you for the explanation! – "Our logo is indeed inspired on graffiti in Paris. Not exactly the same but the inspiration is evident."). Inclusive, já havia confirmado esta informação junto de um membro da equipa da qual faziam parte os criadores originais do logotipo. Henry Chalfant, co-autor do livro "Spraycan Art" onde aparece a única foto existente do wizard original, adiantou-me que era Mode2 quem criava os bonecos e Bando as letras, e logo se conclui que Mode2 terá provavelmente desenhado o mago. Infelizmente, Henry também meu forneceu a informação de que o local onde se encontrava o graffiti já foi remodelado, e assim este foi perdido para sempre: "The Crime Time piece was done in a neighborhood of Paris called Stalingrad, in a vacant lot where buildings had been torn down. I'm told that the lot has since been developed and now has buildings on it, so the painting is gone, alas." (Thanks for the help and patience, Henry!) E fica assim resolvido um dos maiores enigmas da cena Hardcore! Quod erat demonstrandum.

Resta saber a razão pela qual a ID&T escolheu este desenho, e qual o significado do mesmo segundo os autores! Acerca disso, podem visitar um site sobre este trabalho de graffiti, clicando na imagem acima, que é a panôramica total. Podem ainda consultar essa imagem neste livro, editado em 30 de Setembro de 1987: Spraycan Art, Henry Chalfant & James Prigoff / ISBN: 0-500-27469-X / ISBN-13 978-0500274699. Mas quanto à origem do célebre símbolo, a imagem animada fala por si:

"Thunderdome", o que significa a palavra?

Thunderdome é uma palavra que vem da expressão "Like a Thunder in a Dome", que significa barulhento, potente, estrondoso... já era utilizada antes da ID&T ter aparecido. Na Thunderdome Agenda 1997-98 é fornecida uma explicação: a primeira rave Thunderdome foi no enorme Thialf Stadium em Heerenveen, e quando os fundadores da ID&T planearam o evento, imaginaram a música estrondosa ("Thunder") no enorme recinto com a sua cúpula ("Dome"), e daí o nome da primeira rave: "The Thunder Dome". Mais tarde, na terceira rave, juntaram as duas últimas palavras ficando "The Thunderdome", e a partir da quarta rave inclusive, ficou "Thunderdome" apenas.

 

Por quem é constituída a Dreamteam?

A Dreamteam é constituída pelo Gizmo, Buzz Fuzz, Dano e Prophet. É uma banda lendária de Hardcore, e esteve sempre intimamente envolvida no projecto Thunderdome – aliás, o primeiro CD a usar o nome Thunderdome foi produzido pela Dreamteam Productions!

 

Existe um autocarro/Bus de Thunderdome?

Sim, existe um Thunderdome Bus, que surgiu em 2006 (tanto quanto se sabe), e cuja ideia é promover Hardcore, e claro, Thunderdome. A primeira aparição foi no festival Defqon-1 em 16.06.2006 e mais tarde no EO-Jongerendag, um encontro cristão na Holanda - qual a ideia?! Bem, este encontro cristão promoveu autocarros que iam até às portas das raves de Thunderdome promover a sua fé, dizendo que Hardcore era música do demónio que corrompia os jovens. Digamos que este autocarro foi a vingança. ;) Outras aparições foram na Mystery Land 2006, na Mystery Land 2007, e na Q-Base 2006 e Defqon 2007, organizadas pela Q-Dance (empresa relacionada com a ID&T que tem organizado as últimas Thunderdome). O autocarro é preto, com vidros fumados e decoração alusiva a Hardcore, e claro, com mesas de mistura no interior onde DJs bem conhecidos (e outros mais underground) têm tocado desde Oldskool a Speedcore. Ficam aqui as fotos:

 

Existem preservativos de Thunderdome?

Sim! Os Thunderdoom, que apareceram em meados de 1997, com o slogan "Use or Die!" (claramente alusivo à Thunderdome 1996 "Dance or Die!"). Existiram pelo menos 3 caixas diferentes desde 1997 a 1999, altura em que deixaram de ser produzidos – se encontrarem uma embalagem intacta não deve ser muito segura! :P Tal como a Thundertaste são uma curiosidade interessante, mas que revela a quantidade incrível de merchandising que a ID&T produzia.

 

 

Existe uma bebida de Thunderdome?

Sim, a Thundertaste! Trata-se de uma "energy drink" similar a Red Bull, que era vendida nas raves de Thunderdome a partir de meados de 1996, e que vinha inclusive numa Thunderdome Box. Existiam mesmo fãs que encomendavam da Holanda grades inteiras para beber... Infelizmente já não é fabricada desde 2000, e mesmo que encontrem um exemplar intacto, não convém beber! :) Chegou a ser planeado um anúncio de TV para a Thundertaste, e esta teve muita publicidade em revistas Gabber, sendo uma imagem do comercialismo a que chegou a saga Thunderdome na altura, e no fundo, toda a cena Hardcore. Não obstante, é uma curiosidade interessante. Eis aqui alguma informação extra:

Descrição: Sabor frutado, muito intenso.
Cor: Amarelo-dourado
Conteúdos: Sem cafeína ou taurina
Calorias: approx. 188 kJ/44 kcal por 100 ml
Lata: Alumínio, com o logo Thundertaste e o Wizard impressos
Volume: 250 ml
Website: http://www.thunderdome.com/thundertaste (inactivo)
Fabricante: Thundertaste Energy drink

                      Thundertaste BV

                      Zaanweg 67c, 1521 DM

                      Wormerveer, The Netherlands
Vendedor: ID&T Entertainment BV
                     The Netherlands
                     Tel: +31 75 6471010
Preço: approx. 1.53 €

 

Quem faz a Artwork de Thunderdome?

Nos primeiros CDs a artwork é da Arcade, embora o Thunderdome da Dreamteam Productions (e alguns da Dureco e da Total Recall) pareçam ter design quase caseiro. A capa de Thunderdome I, e também do Thunderdome V, são de um artista que faz desenhos excepcionais, muitos dos quais se encontram na Internet e são sobejamente conhecidos. Esse artista chama-se Boris Vallejo, e podem ver nos links seguintes as pinturas de onde foram retiradas as capas do Thunderdome I (Vampire's Kiss) e do Thunderdome V - frente (Opium Dream) e verso (Dragon Prince). A título de curiosidade, perguntei ao artista se ainda tinha as ditas pinturas, mas parece que foram vendidas há muitos anos atrás por cerca de 12000 dólares cada uma! As capas dos cães, parece mesmo que as fizeram porque não se arranjou nada melhor! Mas existe um poster intitulado "Make My Day!" (já praticamente esgotado) com o cão da capa de Thunderdome II e III - em princípio terá sido a partir do poster que tiraram a ideia. A capa de Thunderdome IV foi desenhada por Mark Harrison, cujo original podem ver aqui. A imagem espectacular no interior do livrete do Thunderdome IV foi retirada de "Shadow Of The Torturer" de Bruce Pennington. O poster da rave Thunderdome V - The Final de 1993 utilizou um quadro de Chris Achilléos intitulado "The Host Of Chaos".  A capa do Thunderdome V Megamixes foi um trabalho de "brush spray" baseado num conhecido quadro da Renascença, e no trabalho "Host Of Chaos" referido anteriormente. A capa do Thunderdome VI - Hell on Earth foi retirada da pintura "The Green Brain" de Bruce Pennington. Mas creio que não é nestas capas que estão mais interessados, não é? As capas com os desenhos fabulosos, que podem encontrar desde o Thunderdome VII até aos Thunderdome de 1999, foram produzidas pela M-Design, sediada na Holanda, e cujo nome vem de Miles Stutterheim, o irmão de Duncan Stutterheim. Miles sempre esteve à frente do design de todo o merchandising da ID&T e Thunderdome, desde os flyers e posters até aos CDs – isto até ao ano 2000, quando faleceu num acidente de automóvel. Em parte, a Sensation White é uma dedicatória que o Duncan lhe faz (inclusive no pátio central da antiga sede da ID&T existe um busto do Miles). A M-Design desenhou também os flyers e posters para as raves e as capas de Earthquake, Tunnel of Terror e outros CDs da ID&T. Os desenhos em si foram feitos por um artista chamado Victor Feenstra, que apesar do seu inegável talento, até há pouco tempo não possuía qualquer site ou informação online. Neste momento podem ver outros trabalhos do artista e mais informação clicando na imagem abaixo.

As capas produzidas a partir de 1999 são mais rudimentares, mais básicas, com um toque talvez mais industrial e adulto, e são desenhadas pela secção gráfica da ID&T actual. As capas do Thunderdome 2nd Gen e do Thunderdome 2005-I foram desenhadas pela Voutloos, tendo a capa do Thunderdome 2nd Gen sido baseada numa photo feita pela Psytek Design. Apesar de mais discretas, as novas capas não substituem o poder e a emoção que havia ao imaginar, e depois ver, a capa do próximo Thunderdome (creio que muitos se lembrarão disto ainda!). A título de curiosidade, a imagem do Earthquake I (compilação, flyer e poster) é um desenho da autoria de Bruce Pennington intitulado "Earthworks". O grafismo das compilações Earthquake subsequentes foi efectuado por Victor Feenstra e foi baseado neste primeiro desenho. Também o grafismo da Mystery Land 1998 e Mystery Land 2000 foi feito por Victor Feenstra. A pintura da Mystery Land 1994 é do autor Tim White, e é intitulada "Lord Of The Spiders".

 

Qual o tipo de fonte de Thunderdome?

Não imaginam a quantidade de e-mails que já recebi a perguntar isto... Graças ao webmaster do site Made of Dreams, fiquei a saber que o True Type Font do logotipo de Thunderdome se intitula de "Pritchard", que pertence à Pritchard™ Font Family. A fonte Pritchard foi desenhada em 1990 (apenas 2 anos antes de Thunderdome surgir!) pelo desenhador britânico Martin Wait. O seu desenho foi influenciado pelo Construtivismo Soviético dos anos 20, e é uma fonte condensada, geométrica e decorativa, boa para cabeçalhos e títulos. É uma fonte comercial, logo tem de ser comprada, não se encontrando disponível para download gratuito.

A fonte utilizada para a capa do Thunderticket '93, para o Thunderdome 4 da Dreamteam, e para o flyer da Thunderdome '93, chama-se "Stop" e foi criada em 1971 pelo italiano Aldo Novarese – não se encontra disponível para download gratuito, e tal como a Pritchard, tem de ser comprada.

A título de curiosidade, o Thunderdome da Total Recall tem por tipo de fonte a "GF Special 131", que pertence à família de fontes GF Special, e que também não se encontra disponível para download gratuito. Esta fonte foi produzida pela Gigofonts, sediada em Ljubljana na Eslovénia.

 

É verdade que se entra numa rave Thunderdome gratuitamente se tivermos uma tatuagem verdadeira do Wizard?

Sim, por incrível que pareça é verdade, e é uma política que a ID&T tem instituída desde 1994. Reparem que disse tatuagem verdadeira, ou seja, não pode ser uma tatuagem descartável (tipo Tartarugas Ninja, para quem se lembra!)... essas se quiserem até fazem dentro da rave!

O que são os Thunder Awards?

Os Thunder Awards eram uma espécie de óscares de Hardcore, que a ID&T/Thunderdome ofereciam aos artistas com músicas mais vendidas, melhores videoclips, novos talentos, etc... Foram concedidos desde 1996 até 1998-99. Na Thunderdome '98 foi ainda oferecida a cada artista participante das compilações de Thunderdome, como sinal de agradecimento da ID&T, uma placa comemorativa dos 3.000.000 de vendas. Os Thunder Awards têm a forma encontrada na capa do Thunderdome Essential '92-'99, e podem ver aqui uma imagem de um Thunder Award na sua totalidade.

Existe um segredo no DVD de Thunderdome a decade?

Sim, existe um vídeo escondido, que mostra a Final Exam (a primeira rave da ID&T, prévia à Thunderdome I). Para verem este vídeo existem dois caminhos: ou  escolhem o último capítulo do DVD (via mais fácil usando o PC), ou usam o menu principal do DVD e sublinham a palavra "Merchandise", carregam para baixo e em seguida para a esquerda, e depois no play.

 

Existem versões de Thunderdome não editadas?

Existem capas que nunca chegaram a ser lançadas em CD, e versões de capas de VHS e merchandise que chegam a aparecer nos livretes de informação dos CDs e em flyers que são diferentes das reais edições. Pode-se consultar mais informação sobre este assunto na secção Vaporware.

de Quem é a voz que aparece no Thunderdome 1-5 Megamix e Thunderdome '96 anthem?

A lendária voz que ouvem no Thunderdome 1-5 Megamix, Thunderdome '96 Anthem e noutros CDs de Thunderdome pertence a Colin Scott. Essa pessoa deu também a voz às conhecidas introduções dos House Party 8 e 10, edições da série que são mais viradas para Hardcore.

 

Como posso saber se o item de thunderdome que tenho é real?

Não existe uma resposta uniforme para a pergunta, depende do item, e isso vê-se caso a caso. Há falsificações óbvias, e outras quase profissionais e que enganam mesmo um coleccionador treinado. Ver este pequeno tutorial (em inglês) sobre o assunto.

 

O que é Kill Off?

Se visitarem foruns espanhóis ou franceses de Hardcore e Makina, vão decerto aperceber-se de que para muita gente Thunderdome é sinónimo de Kill Off! O curioso é que muitos pensam mesmo que a ID&T (e Thunderdome) são uma cópia de Kill Off... Mas o que raio é Kill Off? Kill Off é uma marca de roupa espanhola que surgiu circa 1999, e cujo logotipo é o Hardcore Wizard da ID&T! A roupa possui o wizard (a que os espanhóis chamam de "mago" ou "velho") em várias variantes, algumas até bastante originais – se bem que a maioria ou é uma cópia da roupa da ID&T, ou tem mesmo muito má qualidade gráfica. Vejam as fotos: têm desde t-shirts a sapatos! Essa roupa ficou muito conhecida na noite makineira espanhola, e muita gente usava-a (e usa) por estar na moda - sim, é cara também... Poucos tinham a noção do significado do símbolo, e de onde veio, chegando ao cúmulo de pensar que a ID&T é que tinha imitado a Kill Off! LOL Até hoje não consegui saber ao certo se a marca obteve a autorização da ID&T.  Existe quem defenda que foi dada autorização com vista à promoção da ID&T no mercado espanhol (era uma altura áurea para o Hardcore em Espanha, até raves de Thunderdome eram feitas no Verão!). No entanto, a experiência não correu muito bem, talvez devido à fraca qualidade gráfica de parte da linha de roupa, e por outro lado, como pegou moda, muita gente nem sequer sabia o significado do símbolo que usava. A título de curiosidade, existe um vinyl do tipo picture disc (muito belo!) cuja artwork inclui o wizard: "Kim Junior - Kill Off". Este vinyl saiu em 2002 e tem Hardcore muito comercial, mas tornou-se numa peça de colecção, pois representa este fenómeno "Kill Off", e claro, possui o wizard na capa (aqui sim, autorizado pela ID&T)  - não existe nenhum outro picture disc com o Hardcore Wizard!

Qual é a raça do cão das capas de Thunderdome?

Após várias discussões, em que alguns diziam ser um Rotweiller, outros um Doberman, outros um Pitbull... chegou-se à conclusão que é afinal um Doberman Pinscher.


Copyright © 2003- by 5th Raider. Todos os direitos reservados.
Revisto: 10/10/10 20:19:49.